Outubro e Novembro de 1957
SPUTNIKS 1 e 2


Folha da Manhã, 6/10/1957          


REGISTRO DA PASSAGEM DO
SPUTNIK 2 PELO MERIDIANO DE SÃO PAULO.
 Em 4/11/1957, dia seguinte ao do lançamento do satélite, usando a antena instalada no
Observatório de São Paulo (IAG-USP) pelo Prof. Antonio Helio Guerra Vieira
(da Escola Politécnica), para observar trânsitos do centro da galáxia)
  


A análise do registro das passagens do Sputnik II pelo meridiano de São Paulo permitiram ao Prof. Abrahão de Moraes determinar o movimento do plano orbital do satélite. Segundo ele, as observações foram suficientes para observar os efeitos dos principais termos do potencial da Terra, inclusive J3 (associada à assimetria Norte-Sul da Terra). Essas medidas estimularam o Prof. Abrahão de Moraes a trabalhar na Teoria do Movimento dos Satélites Artificiais da Terra, que foi publicada em 1958 nos Anais da Academia Brasileira de Ciências, um ano antes da célebre teoria de Dirk Brouwer.


Diario da Noite, 5/11/1957           

O receptor e o registrador acoplados à antena no pavilhão central do Observatório de São Paulo.



Retirado de: http://www.astro.iag.usp.br/~sylvio/1957.html